Blog
News Mente Sana

Exame neurológico

Quando houver a suspeita de um transtorno neurológico, o médico avalia por exame físico todos os sistemas do organismo, concentrando-se no sistema nervoso. A avaliação do sistema nervoso — o exame neurológico — inclui a avaliação do seguinte:
- Estado mental
- Nervos cranianos
- Nervos motores
- Nervos sensitivos
- Reflexos
- Coordenação e equilíbrio
- Caminhar (marcha)
- Regulação dos processos internos do corpo (pelo sistema nervoso autônomo)
- Fluxo sanguíneo para o cérebro

Os médicos podem avaliar algumas áreas mais minuciosamente do que outras dependendo do tipo de doença de que se suspeita.
O exame neurológico também pode ajudar a identificar a causa de um mau funcionamento muscular (como fraqueza ou paralisia), uma vez que a contração muscular normal depende da estimulação por um nervo (consulte a figura Usar o cérebro para mover um músculo).

Um exame neurológico diferencia-se de um exame psiquiátrico, posto que o último centra-se na avaliação do comportamento do indivíduo. No entanto, os dois exames se sobrepõem um pouco uma vez que anormalidades no cérebro podem causar comportamentos anormais. O comportamento anormal pode ser uma pista para um problema físico no cérebro.

Estado mental

Os médicos avaliam os seguintes itens:
- Atenção
- Orientação quanto ao tempo, local e indivíduo. Memória
- Diversas habilidades, como pensar de forma abstrata, seguir instruções, usar a linguagem e resolver problemas matemáticos.
- Humor

A avaliação de estado mental consiste em responder a uma série de perguntas e realizar algumas tarefas, como nomear objetos, decorar listas curtas, escrever algumas frases e copiar formas. As respostas são registradas e sua precisão, classificada. Se a pessoa afirmar sentir-se deprimida, o médico pergunta se já teve pensamentos suicidas.

Fonte: Manual MSD

Atendimento presencial e on-line!
Ligue e verifique disponibilidade de horários
(51) 99117-1550